7 mitos sobre o câncer de mama

Algo que poucas pessoas sabem é que apenas 5% dos casos de câncer de mama têm um fator hereditário. Se na sua família existem casos, é importante ir com um oncologista, ou o seu ginecologista, para checarte. Mas isso não quer dizer que somente elas estão em situação de risco, ao contrário de todas as mulheres, mesmo que não tenham antecedentes familiares, podem apresentá-lo.


Lee: O que ninguém te vai dizer do câncer


E como não se trata de ficar com medo, dizemos-lhe sete coisas que NÃO se colocam em maior risco de sufrirlo.



  1. Os homens não lhes dá. Este é um dos mitos maiores, porque, embora seja verdade que é um percentual mínimo de homens que apresentam –menos de 1% de todos os casos— os números vão aumentando. Em especial com o aumento da obesidade. Além disso, cerca de 25% dos homens que o adquirem, morrem pela doença porque não sabem que o têm.

  2. Consumir açúcar, de verdade ou artificial, me isso pode causar. Embora seja verdade que as células cancerígenas consomem mais glicose do que as normais, nenhum estudo demonstrou que o açúcar faz com que seu câncer piorar, ou que, se se deixa de consumir desapareça. Mas já sabemos que uma alimentação cheia de açúcar gera obesidade e esta está associada ao risco elevado de sofrer de vários tipos de câncer. Por outro lado, pesquisadores têm realizado estudos em substitutos do açúcar como sacarina, aspartame e sucralose, entre outros, e não foram encontradas evidências de que causem câncer em seres humanos.

  3. Antitranspirantes e desodorantes provocam câncer. O Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos foi realizado estudo após estudo tentando descobrir se isso é verdade ou não. E não é. Não há evidência de que usar desodorantes seja causa de câncer. Assim, não há desculpa para andar por aí apestando.

  4. Se uso bras com haste estou em maior risco. Diz-Se que os brasieres com haste obstruem o fluxo linfático das chichis, promovendo, assim, a acumulação de toxinas e, portanto, o câncer de mama. Mentira. Ainda que um casal fez uma pesquisa e escreveu um livro onde dizem isso, não existem estudos científicos que o comprovem. Não há dados que possam mostrar que esta correlação.

  5. É contagioso. Estar em contato com uma pessoa que tem câncer de mama NÃO se coloca você em risco. O câncer, em geral, é o resultado do crescimento descontrolado de células com mutações dentro do corpo, não é um vírus ou bactéria que viagem de corpo em corpo.

  6. Os implantes aumentam o risco. Outra mentira. O que pode ser verdade é que com os implantes é mais difícil detectar os tumores mais pequenos, mas com umas radiografias extra você está pronta.

  7. Se você é copa B não vai dar. Não existe nenhuma conexão entre o tamanho do seu sutiã e a possibilidade de que te dê câncer de mama. Como com os implantes, pode ser que em mulheres com chichis de maior tamanho é um pouco mais complicado detectar os tumores, mas a causa nunca será o tamanho.

  8. Você está preso em boobs corre para o médico. O Falso! Não se pode sair de um tumor imediatamente. É importante o seu exame com o ginecologista, mas não se estresses.

  9. Ter câncer de mama é sinônimo de morte. A prevenção é a chave, se você foi diagnosticado com câncer de mama, existem muitas opções com o devido tratamento.

  10. Se em minha família não há casos de câncer de mama, eu não o terei. Cerca de 40 por cento de homens e mulheres receberão um diagnóstico de câncer em algum momento de sua vida.

O mais importante é que a partir dos 30 anos (especialmente se há antecedentes na sua família directa) se faça os estudos que recomende o seu médico. Mas não se preocupe com as coisas que chegam em cadeias de mensagens de WhatsApp. Vive uma vida saudável e já está.


Você gostou desta nota? Califícala

1 Estrela2 Stars3 Stars4 Estrelas5 Stars (14 votos, average: 4.79 out of 5)
Loading…

Adão e Eva em nosso DNA

Segundo o mito bíblico, Adão e Eva saíram do jardim do Éden e começaram a povoar o mundo. A idéia de que a humanidade descende de esses dois indivíduos é totalmente incompatível com o que sabemos sobre a origem de nossa espécie, de acordo com a ciência. No entanto, sim, houve um tempo em que os seres humanos eram muito polegadas, vivíamos apenas em uma área do planeta, e, de repente, até que tive um Adão e uma Eva.


A questão é que nem esse Adão nem essa Eva foram humanos. Vá, que nem sequer foram um ser vivo como tal.


Dentro de cada célula existe um organelo chamado mitocôndria, cuja função é produzir a energia celular. Algo muito particular da mitocôndria é que contém a sua própria informação genética, que é herdado exclusivamente via materna. Quase toda a informação genética de uma pessoa, vem a metade do pai e metade da mãe, e que reside no núcleo celular, mas há um pequeno percentual (menos de 1%) que se passa intacto de mãe para filho através da mitocôndria. Isso quer dizer que qualquer pessoa tem a mesma mitocôndria que sua mãe, sua avó, sua bisavó, tataravó, etc.


Interessa-lhe: por que evolutivo do soluço


Se formos mais para trás no tempo, chega um momento em que as mitocôndrias de todas as pessoas vivas atualmente encontram um ponto em comum: uma mitocôndria, a partir da qual desceram todas as mitocôndrias contemporâneas, uma Eva mitocondrial.


A Eva mitocondrial, portanto, não foi uma pessoa, mas um organelo celular, que estava dentro das células de uma mulher. Às vezes, esta mulher é a que se chama Eva mitocondrial, e o mais certo é que tenha vivido em algum lugar da África há mais ou menos 150 mil anos.


Esta mulher é um dos antepassados em comum de todos os seres humanos de hoje. Dela herdamos uma mini pouco de nosso genoma, o que quer dizer que todo o resto herdamos de outras pessoas, muito provavelmente contemporâneas no espaço e no tempo a Eva.


A contraparte masculina da Eva mitocondrial é o Adão Y. Os homens herdam o cromossomo sexual E exclusivamente via paterna, e, portanto, sua herança é semelhante ao da mitocôndria. A partir do estudo de diferentes cromossomos E de muitas partes do mundo, chegou-se à conclusão de que todos esses cromossomos descendem de um que existiu há também mais ou menos 150 mil anos, dentro das células de um homem que viveu na África.


Lee: Perguntar à natureza


Segundo a análise da Eva mitocondrial e do Adão Ea população humana em que viviam não era mais a dezenas de milhares de indivíduos. Este número, embora muito maior do que dois, é, na verdade, uma cifra bastante reduzida, se pensarmos que essa população descemos os sete bilhões de pessoas que somos hoje em dia.


A história guardada em nosso DNA indica que todos somos parentes distantes com a nossa raiz localizada na África, e que, embora tenhamos uma Eva e Adão, nesta história, não se parecem nem significam o mesmo que seus tocayos da Bíblia.


Referências
The Myth of Eve: Molecular Biology and Human Origins
Sequencing E Chromosomes Resolves Discrepancy in Time to Common Ancestor of Males Versus Females


Você gostou desta nota? Califícala

1 Estrela2 Stars3 Stars4 Estrelas5 Stars (8 votos, média: 4.50 out of 5)
Loading…

Vício em comida, como controlá-la?

Todos os seres vivos, precisamos de comida para viver e funcionar adequadamente; mas o Que acontece quando o alimento se converte em um mal necessário, um monstro que nos persegue como uma sombra.


Nos últimos anos, tem-se encontrado uma relação muito direta entre as emoções e a comida (principalmente entre os açúcares processados e os hidratos de carbono), dando pé para uma nova linha de tratamentos da obesidade, dirigidos principalmente às emoções do paciente. Por isso que agora sabemos que querer não é suficiente para emagrecer, já que, enquanto nos vejamos gordos e/ou obesos, continuaremos a comer como gordo ou obeso, dando, como resultado, os famosos rebotes.


Existem fatores que podem fazer com que qualquer elemento ou coisa se tornem um vício para os seres humanos, os quais vão sobreponiendo um sobre o outro e são os seguintes:

O Fator biológico

Em primeiro lugar, devemos compreender que, no momento de nossa gestação, também se dá o nascimento de nosso temperamento que se rege sob a dor e o prazer.


E é assim como a comida como o sexo, são duas das cinco comportamentos primárias de duplo reforço que mais nos causam prazer. Por um lado, que não tira o sofrimento físico que é a fome, e, por outro, nos dá prazer, com o hormônio chamado grelina, que ativa os neurotransmissores dopaminérgicos, tornando praticamente impossível não comer.

O Fator bioquímico

A maioria das refeições rápidas contêm uma alta porcentagem do glutamato monossódico, que é o responsável de que não podemos comer só batata frita mas que continuamos comendo, ativando uma e outra vez os hormônios do prazer. É dizer, em si comer nos provoca prazer e nos tira a dor, e se nós aumentamos mais prazer com fatores Bioquímicos estaremos comendo praticamente todo o dia.

O Fator psicológico

Como todos os vícios, tem como base a ansiedade, sendo esta a que atire a necessidade de busca de prazer para tirar a dor ou a alteração do sistema nervoso central que nos provoca a ansiedade. A ansiedade tem como base a angústia que, por sua vez, tem como antecessor o estresse, que não é outra coisa mais do que o não se sentir bem com o que temos.


O Fator emocional social

O problema se agrava quando adicionamos um fator emocional com a comida, onde não só nos alimenta e nos nutre, mas também a comida tem um valor sentimental, como o de comer em família, comer em festas e comemorações, ou comer nas reuniões, embora seja fritangas, biscoitos ou bolos, avó, etc., Que se lhe damos um extra que é que eu não gosto do meu peso, porque está não é aceito socialmente, me levasse a ansiedade, tornando-se assim um círculo vicioso.


O QUE FAZER PARA ROMPER COM O CÍRCULO VICIANTE

Primeiro deve-se identificar que tipo de fome é que eu tenho:


Fome física



  • É natural entre 3 e 4 horas

  • Se sente no estômago

  • Atende a uma necessidade física

  • Não depende do estado de ânimo

  • É gradual

  • É clara

  • Você precisa: comida nutritiva

Fome emocional



  • Sente-Se na boca, garganta ou boca do estômago

  • Acompanhada de ansiedade e/ou culpa ou raiva

  • Não precisa de comida

  • Não é clara

  • É de repente

  • É para remover a ansiedade

A fome psicológica



  • Gerada pelos pensamentos e crenças: “Só a comida me dá felicidade”, “Se eu controlo o que como, eu controlo a minha vida”

  • A mente “cria” desejos

  • O porque sebe rico

  • Conectar lugares ou refeições com ideias “eu Não posso ir de lugar sem provar as cheinhas”

Segundo, ter hábitos para comer:



  • Comer em um lugar tranquilo que não gere estresse e sempre à mesma hora. Tente não comer parado

  • Se você não tem uma idéia clara do que você quer comer, pergunte a si mesmo: eu Quero uma coisa… o Frio, quente, ., mole, salgado, doce?

  • Antes de começar a comer detém-se por um período de um minuto para medir a quantidade de comida que você vai comer enquanto toma água, e mede das pequenas porções

  • Mastiga muitas vezes

  • Solta os talheres entre os bocados

  • Aproveite o que você come

  • Come até ficar satisfeito

  • Para ouvir o sinal de satisfação, é importante ter ouvido o sinal de fome física

  • É importante que você saiba que se você já não quer o que você está comendo, você pode comê-lo quando voltar a ter fome física

  • Não se amenaces com não voltar a comer até o outro dia

  • Comer com atenção, pois o sinal de satisfação pode ocorrer em qualquer momento

  • Servir pouco e se você quiser mais deve obter este documento junto ou sírvetelo.

  • Come para estar satisfeito, não é para estar cheio (Sempre tem que ter um espaço no seu estômago)

Você gostou desta nota? Califícala

1 Estrela2 Stars3 Stars4 Estrelas5 Stars (8 votos, média: 4.75 out of 5)
Loading…

6 coisas que fazem as pessoas produtiva

Por: Hélio Herrera

Em mais de 25 anos trabalhando com centenas de empresas e milhares de pessoas, encontrei uma série de características que você pode praticar:

1. É REALISTA, MAS POSITIVA
Enquanto a maioria se frustra e se senta para lamentar seu infortúnio, as pessoas produtiva vê a oportunidade na crise. Será que a diretoria não gostou do seu projeto? Se os colocar a trabalhar e você voltará com outras opções. Será que caiu a venda do ano? Sais a procurar outros clientes. Quando todos choram pela crise econômica, os produtivos vêem a oportunidade de vender lenços descartáveis.

2. SE PORTA COMO A PESSOA QUE QUER CHEGAR A SER
Quer ser sócio do escritório de advocacia? Você tem que olhar e portarte como um. Nunca vão dar-lhe uma promoção, se andas todo fachoso paseándote pelo escritório sem fazer nada. Trabalha os hábitos, comportamentos e conhecimentos desta pessoa que você quer ser.

3. FAZ AS ALTERAÇÕES NECESSÁRIAS
Pense em um atleta que quer quebrar uma marca mundial. Você Se revela, fuma e se levanta tarde? Não, é congruente com o seu objetivo. Que atitudes você está segurando? Talvez você é impuntual, informal ou daqueles que, quando dão as cinco já tem o pé na porta. Posso Te dar um aumento?

4. TEM ALTA AUTO-ESTIMA
A gente que dá resultados e é de sucesso, jamais se sente que não é boa no que faz. Pensa em Larry Page e Serguei Brin, os criadores do Google. Como chegaram onde estão arrastando a cobija?, quer que seu projeto era pouca coisa? Não. Tiveram uma segurança tão grande em si mesmos e no seu produto que literalmente mudaram o mundo. Se você não crê em ti, ninguém o fará.

5. ACONTEÇA O QUE ACONTECER, SE LEVANTA
O que aconteceria se você tropeça em cima e se você cair?, você vai ficar aí deitada? Não, você sacudes e se levanta. Então por que quando há obstáculos ou falhas para alcançar as suas metas se desanimas e você ficar ali lamentando a sua desgraça? Thomas Alva Edison disse: “eu não falhei, só encontrei 10, 000 caminhos que não funcionam”.

6. CUIDE DA SUA POSTURA
Não há muito o que explicar, esta gente está sempre derechita, com uma atitude de segurança e um bom semblante. Pensa em uma pessoa poderosa que admires, como vai por aí toda corcunda e com cara de amarga? Não. De certeza que também tem dias ruins, mas não deixe que o seu corpo o delate.

Você gostou desta nota? Califícala