7 mitos sobre o câncer de mama

Algo que poucas pessoas sabem é que apenas 5% dos casos de câncer de mama têm um fator hereditário. Se na sua família existem casos, é importante ir com um oncologista, ou o seu ginecologista, para checarte. Mas isso não quer dizer que somente elas estão em situação de risco, ao contrário de todas as mulheres, mesmo que não tenham antecedentes familiares, podem apresentá-lo.


Lee: O que ninguém te vai dizer do câncer


E como não se trata de ficar com medo, dizemos-lhe sete coisas que NÃO se colocam em maior risco de sufrirlo.



  1. Os homens não lhes dá. Este é um dos mitos maiores, porque, embora seja verdade que é um percentual mínimo de homens que apresentam –menos de 1% de todos os casos— os números vão aumentando. Em especial com o aumento da obesidade. Além disso, cerca de 25% dos homens que o adquirem, morrem pela doença porque não sabem que o têm.

  2. Consumir açúcar, de verdade ou artificial, me isso pode causar. Embora seja verdade que as células cancerígenas consomem mais glicose do que as normais, nenhum estudo demonstrou que o açúcar faz com que seu câncer piorar, ou que, se se deixa de consumir desapareça. Mas já sabemos que uma alimentação cheia de açúcar gera obesidade e esta está associada ao risco elevado de sofrer de vários tipos de câncer. Por outro lado, pesquisadores têm realizado estudos em substitutos do açúcar como sacarina, aspartame e sucralose, entre outros, e não foram encontradas evidências de que causem câncer em seres humanos.

  3. Antitranspirantes e desodorantes provocam câncer. O Instituto Nacional de Câncer dos Estados Unidos foi realizado estudo após estudo tentando descobrir se isso é verdade ou não. E não é. Não há evidência de que usar desodorantes seja causa de câncer. Assim, não há desculpa para andar por aí apestando.

  4. Se uso bras com haste estou em maior risco. Diz-Se que os brasieres com haste obstruem o fluxo linfático das chichis, promovendo, assim, a acumulação de toxinas e, portanto, o câncer de mama. Mentira. Ainda que um casal fez uma pesquisa e escreveu um livro onde dizem isso, não existem estudos científicos que o comprovem. Não há dados que possam mostrar que esta correlação.

  5. É contagioso. Estar em contato com uma pessoa que tem câncer de mama NÃO se coloca você em risco. O câncer, em geral, é o resultado do crescimento descontrolado de células com mutações dentro do corpo, não é um vírus ou bactéria que viagem de corpo em corpo.

  6. Os implantes aumentam o risco. Outra mentira. O que pode ser verdade é que com os implantes é mais difícil detectar os tumores mais pequenos, mas com umas radiografias extra você está pronta.

  7. Se você é copa B não vai dar. Não existe nenhuma conexão entre o tamanho do seu sutiã e a possibilidade de que te dê câncer de mama. Como com os implantes, pode ser que em mulheres com chichis de maior tamanho é um pouco mais complicado detectar os tumores, mas a causa nunca será o tamanho.

  8. Você está preso em boobs corre para o médico. O Falso! Não se pode sair de um tumor imediatamente. É importante o seu exame com o ginecologista, mas não se estresses.

  9. Ter câncer de mama é sinônimo de morte. A prevenção é a chave, se você foi diagnosticado com câncer de mama, existem muitas opções com o devido tratamento.

  10. Se em minha família não há casos de câncer de mama, eu não o terei. Cerca de 40 por cento de homens e mulheres receberão um diagnóstico de câncer em algum momento de sua vida.

O mais importante é que a partir dos 30 anos (especialmente se há antecedentes na sua família directa) se faça os estudos que recomende o seu médico. Mas não se preocupe com as coisas que chegam em cadeias de mensagens de WhatsApp. Vive uma vida saudável e já está.


Você gostou desta nota? Califícala

1 Estrela2 Stars3 Stars4 Estrelas5 Stars (14 votos, average: 4.79 out of 5)
Loading…

7 mitos sobre o câncer de mama
Vote no post!